segunda-feira, 16 de março de 2009

Fila do Banco

Tenho a mania de reparar nas pessoas que eu não conheço e imaginar como que é a vida dessa pessoa no dia-a-dia. Outro dia fui ao banco pagar uma conta e tinha uma filazinha razoável. A primeira pessoa em que reparei foi em uma mulher de seus quarenta e poucos prá cinquenta anos, acabadinha diga-se de passagem, feia estilo perua que ficava a toda hora balançando a cabeça em sinal de reprovação. Comecei a imaginar qual era o problema daquela mulher será que tinha estourado o cartão do marido? Não, ela não tinha cara de quem se importaria com isso, aliás ela tinha cara de quem tava odiando o marido. Só pode ter pego o safado com outra. Mas a outra não era uma qualquer, era a sua melhor amiga! Uma mulher feia daquelas, complexada com a idade, pega o marido no flagra com a melhor amiga (gostosissíma diga-se de passagem) pirou e foi direto pro banco. Ih rapaz, isso vai dar merda...certeza foi isso mesmo, pegou o cara no flagra. Agora essa mulher vai pegar todo dinheiro do cara e torrar, ainda vai sair no fim-de-semana e deixar ele com as crianças, ah aqueles pentelhos correndo pela casa, fazendo a maior algazarra e não vai deixar o cara ver o jogo do Timão.Eu tava quase pensando na vingança da mulher dai era minha vez de se dirigir ao caixa, então fica pra uma próxima fila.

5 comentários:

Renata Boeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata Boeira disse...

ahhh! volta logo pra fila e me conta se ela se vingou do desgraçado... hauhauhaua

sempre ótimo, marido.

Robs disse...

Olha, vc começa a parar de imaginar a vida das pessoas da fila quando vc trabalha em umm banco. Juro.

Thyago "Morango" Novaes disse...

eu parei de imaginar a vida das pessoas quando eu vi o cauby peixoto na fila do banco

O (meu) PONTO DE MUTAÇÃO disse...

hahahahahahahahha
ela ia torrar a grana dele com gatões saradões ou com algum muleque perdido só pro cara tb ficar puto
pq mulher não gosta de ser chifrada, mas homem morre HAHAHAHAHAHAHA